Riscos – Riscos

Conceito: Situações ou incertezas que podem ocorrer durante a execução do projeto que podem ser evitadas ou minimizadas se alguma ação for tomada preventivamente.
O registro destas informações é fundamental para, na fase de Planejamento, programar ações e acompanhamentos que minimizem possíveis impactos ou atrasos inclusive para outros projetos do próprio órgão ou do Estado. A partir desta base de dados o governo pode identificar os Riscos e Oportunidades mais recorrentes e agir de forma integrada.

Regra: 1) Para cada Premissa do projeto deverá ser apontado ao menos 01 Risco direto, caso a situação considerada Verdadeira não se concretize; 2) Na fase de Iniciação o “Status” do risco deve ser considerado como “Mapeado”;

Erro comum: 1) Citar apenas riscos diretos das premisas de forma agrupada e desconsiderar as diferentes situações ligadas à mesma Premissa; 2) Considerar apenas riscos comuns e óbvios para preenchimento do campo, desconsiderando a importancia de mapear situações que podem comprometer o resultado do projeto; 3) Considerar apenas Riscos negativos e desprezar as possíveis Oportunidades de otimização de recursos (materiais e humanos) , novos negócios; Integração das ações entre órgãos para otimizar a integração com a comunidade/cidadãos;

Deixe uma resposta